9 de novembro de 2015

Resenha | Tykhe

Título: Tykhe (Trilogia Tykhe #1)
Autora: Thais Rocha
Ano de publicação: 2015
Editora: Independente
Número de páginas: 180
Compre na Amazon
Sinopse: Diana esteve sozinha toda sua vida. Ela não era uma criatura sobrenatural comum, mas sim uma híbrida de duas espécies que sempre estiveram em guerra, e por isso o local onde passou sua infância foi cercado e seus pais assassinados. O que aconteceria caso encontrasse um local seguro para ficar? E se as pessoas que encontrassem lá fossem, na verdade, mais importantes em sua história do que estava disposta a admitir? Diana logo descobriria que sua vida não era exatamente como sempre supusera que fosse.

Duas coisas me deixaram com o pé atrás em relação a esse livro. Em primeiro lugar, as poucas páginas me fizeram esperar uma narrativa apressada, que mais conta do que mostra. Em segundo, eu temia que a trama fosse esquecida em favor de uma história de amor, como geralmente acontece em livros rotulados como fantasia urbana. Para a minha felicidade, porém, nenhuma das duas coisas aconteceu.

A trama é interessante e ao mesmo tempo concisa: gira em torno do mistério em relação ao passado de Diana, aparentemente uma garota órfã que, perseguida constantemente, chega a um colégio protegido magicamente no interior do Brasil, esperando ter ao menos alguns meses de paz. Ali não esperava se apegar a ninguém, porém, quatro jovens lobisomens se aproximam dela, e sua relação com a alcateia é desenvolvida (e desvendada) ao longo do livro. Entretanto, a paz dura pouco, e ataques constantes ao colégio indicam que Diana foi encontrada. Os mistérios são desfeitos conforme a situação se aperta e Diana aprende, aos poucos, a se apegar aos lobos. Ao final, o enredo se revela como uma introdução ao que está por vir, ao mesmo tempo em que fecha o principal conflito deste livro.

A narrativa em terceira pessoa varia entre os pontos de vista de Diana e dos quatro jovens e, ao contrário do que eu esperava, é envolvente, e apesar de algumas cenas terem ficado um tanto apressadas, na maioria das vezes a autora nos mostra o que está acontecendo, dando toda a emoção necessária a esses trechos.

A melhor personagem é Diana, cujos segredos e passado são revelados aos poucos ao longo da trama, mas os quatro lobos também foram bem explorados, tendo suas personalidades e dilemas bem retratados. Há, é claro, um pouco de romance, mas em nenhum momento ele ofuscou a trama ou tomou mais espaço do que deveria.

Uma coisa que me incomodou, porém, foi que a autora apresentou muito pouco de seu mundo neste primeiro volume, apesar de ser possível notar, pelos detalhes que foram destacados, que é bem construído. Também não parece ter havido muita inovação no conceito de vampiros e lobisomens, ainda que muito do assunto tenha sido deixado para os próximos volumes para eu afirmar isso com certeza. Fiquei muito interessada, contudo, em aprender mais sobre o universo idealizado pela autora, pois ela mistura também um pouco de mitologia grega.

O final, como já mencionado, fecha a trama deste livro, mas com um ótimo gancho para os próximos volumes, o que me deixou ansiosa pela sua chegada. Em resumo, Tykhe é um livro que tem como pontos positivos a escrita excelente, com uma revisão muito boa, os personagens bem caracterizados e a concisão do enredo, que em momento algum prejudicou o livro.

Avaliação:

Trama: 4
Narrativa: 4
Personagens: 5
Caracterização: 3
Coerência: 5
Criatividade: 4
Revisão: 5

★ ★ ★ ★ ☆


A resenha foi feita com base na leitura do e-book cedido pela parceira Thais Rocha.


Assine a newsletter!
Receba em seu e-mail, mensalmente, novidades para escritores, leitores e blogueiros, conteúdo exclusivo e os últimos posts do SI&F.

ou siga as atualizações do blog nas redes sociais:
Facebook | Twitter | Google + | Instagram | Pinterest

Um comentário :

  1. Nossa, este livro é demais! Excelente resenha... com certeza estará em minha lista :)

    ResponderExcluir

Sinta-se à vontade para deixar opiniões, dúvidas e sugestões. Se tiver um blog, deixe o link ao final de seu comentário para que eu possa visitá-lo.

Ao comentar, tenha bom senso (ou leia isto), de modo a evitar que seu comentário não seja publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...