17 de junho de 2015

5 livros de fantasia que são volumes únicos

Histórias de fantasia geralmente se estendem em séries muito longas, algumas alcançando muito mais de 10 livros, e dificilmente vemos uma que caiba em um volume único. Porém, alguns autores mostram que é possível, sim, criar um mundo inteiro e ainda contar uma história em apenas um volume. Assim, decidi reunir neste post algumas recomendações que cacei na internet:

A Batalha do Apocalipse

A Batalha do Apocalipse, de Eduardo Spohr, tem uma continuação, a trilogia Filhos do Éden, porém, pode ser considerado como um livro único, já que apresenta uma trama com começo, meio e fim e a trilogia conta a mesma história, mas sob o ponto de vista de outros personagens. Confiram a resenha.

Adicione: Skoob | Goodreads
Sinopse: Há muitos e muitos anos, há tantos anos quanto o número de estrelas no céu, o Paraíso Celeste foi palco de um terrível levante. Um grupo de anjos guerreiros, amantes da justiça e da liberdade, desafiou a tirania dos poderosos arcanjos, levantando armas contra seus opressores. Expulsos, os renegados foram forçados ao exílio, e condenados a vagar pelo mundo dos homens até o dia do Juízo Final.
Mas eis que chega o momento do Apocalipse, o tempo do ajuste de contas, o dia do despertar do Altíssimo. Único sobrevivente do expurgo, o líder dos renegados é convidado por Lúcifer, o Arcanjo Negro, a se juntar às suas legiões na batalha do Armagedon, o embate final entre o Céu e o Inferno, a guerra que decidirá não só o destino do mundo, mas o futuro do universo.
Das ruínas da Babilônia ao esplendor do Império Romano; das vastas planícies da China aos gelados castelos da Inglaterra medieval. A Batalha do Apocalipse não é apenas uma viagem pela história humana, mas é também uma jornada de conhecimento, um épico empolgante, cheio de lutas heróicas, magia, romance e suspense.

O Código Élfico

O Código Élfico é outro livro nacional, do escritor Leonel Caldela, e apesar de algumas coisas terem me incomodado (em breve a resenha será publicada), o saldo foi positivo, especialmente por o autor ter decidido quebrar a visão de elfos como uma raça de seres sempre bondosos e superiores culturalmente.

Adicione: Skoob | Goodreads
Sinopse: A pequena cidade de Santo Ossário esconde muitos segredos. Entre os habitantes, Nicole, uma jovem corajosa, descobre estar ligada aos mistérios da cidade, o que a leva a uma investigação sobre o próprio passado. Seu pai foi um famoso assassino que pertencia à ordem de seguidores de uma deusa oculta, sacrificando inocentes em rituais.
Em Arcádia, um mundo paralelo governado pela deusa, vivem os elfos. Criaturas
perfeitas que há milênios sonham em recuperar o poder sobre os humanos.
Finalmente veem a esperança no novo guerreiro Astarte, treinado em arquearia, que deve abrir o portal que liga os dois mundos e exercer o domínio da Rainha sobre a Terra. Astarte, no entanto, é o único que desconhece o seu destino, até o momento de cumprir com a sua sina. Avesso aos interesses do seu povo, o elfo resolve juntar-se aos mortais em Santo Ossário.
Agora, Nicole e Astarte estão ligados a um mesmo propósito: reunir os habitantes da pacata cidade e derrotar os seres místicos que ameaçam dominar o mundo.

Belas Maldições

Belas Maldições foi escrito por Neil Gaiman e pelo recém-falecido Terry Pratchett. Ainda não li o livro, porém, todas as recomendações que vi até agora, fosse dos dois autores ou do próprio livro, são muito positivas. Por isso, mais um para a minha lista de leitura de mais de dez volumes.

Adicione: Skoob | Goodreads
Sinopse: Conforme as Profecias de Agnes Nutter, o mundo vai acabar num sábado. No próximo sábado, e antes do jantar. O que é um grande problema para Crowley, o demônio mais acessível do Inferno e ex-serpente, e sua contraparte e velho amigo Aziraphale, anjo genuíno e dono de livraria em Londres. Eles gostam daqui de baixo (ou, no caso de Crowley, daqui de cima). Portanto, eles precisam encontrar e matar o Anticristo, a mais poderosa criatura do planeta. O problema é que o Anticristo é um garoto de 11 anos e, ao contrário de tudo o que você já tenha visto em algum filme, é um menino que adora seu cachorro, se importa com o meio ambiente e é o filho que qualquer pai gostaria de ter. Além, claro, de ser indestrutível. E, como se ainda não fosse o bastante, eles ainda têm de lidar com o domingo...

Jonathan Strange e Mr. Norrell

Livro escrito por Susanna Clarke, está em vias de se tornar uma série de TV. Apesar de eu não acompanhar séries, a premissa do livro me chamou muito a atenção, e as recomendações que vejo por aí também são muito positivas.

Adicione: Skoob | Goodreads
Sinopse: Em 1806, a maioria da população britânica acreditava que a magia estava perdida há muito tempo — até que o sábio Mr. Norrell revela seus poderes, tornando-se célebre e influente. Ele abandona a reclusão e parte para Londres, onde colabora com o governo no combate a Napoleão Bonaparte e coloca em prática seu plano de controlar todo o conhecimento mágico do país.
Tudo corre bem até que Jonathan Strange, um jovem nobre e impetuoso, descobre que também possui talentos mágicos. Ele é recebido por Norrell como seu discípulo, mas logo os dois começam a se desentender… e essa rixa pode colocar em risco toda a Inglaterra.
Misturando ficção e fatos históricos, Jonathan Strange & Mr. Norrell levou dez anos para ser escrito e foi baseado em uma extensa pesquisa da autora sobre a história da magia inglesa. O livro combina a mitologia fantástica de J.R.R. Tolkien com a comédia de costumes de Jane Austen, de quem Clarke é admiradora confessa, e ainda acena ao romantismo, à observação social de Charles Dickens e à literatura gótica de Anne Radcliffe.
Recebeu o Hugo Award, um dos prêmios mais importantes no gênero fantástico, além de ter sido indicado ao Man Booker Prize e eleito o melhor livro do ano pela revista Time. Agora adaptado para a TV pela BBC, o livro recebe nova edição, com introdução do escritor Neil Gaiman.

The Emperor's Soul

Esse livro do Brandon Sanderson infelizmente não possui previsão de publicação no Brasil. Porém, a premissa me chamou a atenção por se passar em Sel, o mesmo mundo de Elantris, e apresentar um sistema de magia diferente do AonDor. Fiquei muito curiosa para saber como (e se) os dois sistemas de magia se relacionam. Além disso, é um livro bem curto, ideal para quem está começando a se aventurar na leitura de línguas estrangeiras.

Adicione: Skoob | Goodreads
Sinopse: Shai is a Forger, a foreigner who can flawlessly copy and re-create any item by rewriting its history with skillful magic. Though condemned to death after trying to steal the emperor’s scepter, she is given one opportunity to save herself. Despite the fact that her skill as a Forger is considered an abomination by her captors, Shai will attempt to create a new soul for the emperor, who is almost dead from the attack of assassins.
Delving deeply into his life, she discovers Emperor Ashravan's truest nature—and the opportunity to exploit it. Her only possible ally is one who is truly loyal to the emperor, but councilor Gaotona must overcome his prejudices to understand that her forgery is as much artistry as it is deception.
Skillfully deducing the machinations of her captors, Shai needs a perfect plan to escape. The fate of the kingdom lies in one impossible task. Is it possible to create a forgery of a soul so convincing that it is better than the soul itself?

2 comentários :

  1. Oi Lais,

    Eu já conhecia A Batalha do Apocalipse e O Código Élfico, aliás esse último foi um dos melhores livros que li em 2013. Gostei muito.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. . A Batalha do Apocalipse ♥♥♥♥♥♥

    ResponderExcluir

Sinta-se à vontade para deixar opiniões, dúvidas e sugestões. Se tiver um blog, deixe o link ao final de seu comentário para que eu possa visitá-lo.

Ao comentar, tenha bom senso (ou leia isto), de modo a evitar que seu comentário não seja publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...