1 de dezembro de 2014

[Diário de Escrita #4] Últimas semanas de novembro

Na série Diários de Escrita, que será publicada semanalmente, compartilharei minhas experiências com a escrita, comentando acerca de meu projeto principal (O Segredo de Todos os Mundos), bem como sobre os demais projetos que mantenho e os contos.

Minha ideia com essa coluna é compartilhar meus métodos, para que os leitores e outros escritores possam acompanhar o processo de criação de um livro. Neste post falarei novamente sobre a escrita de A Pedra Dourada.


Confiram:

18/11: Hoje, depois de tanto enrolar, finalmente finalizei o capítulo 3 (679 palavras). Não gostei muito desse capítulo e há uma série de coisas que gostaria de arrumar, como descrições e alguns parágrafos sobre uma das personagens, mas deixarei para a revisão. Iniciei o capítulo 5 (o quatro já estava feito, uma vez que alterei a ordem dos capítulos devido à cronologia). Não o finalizei, mas escrevi 355 palavras dele, o que totaliza, no dia de hoje, 1034 palavras. Não tão ruim, mas ainda abaixo da média, especialmente com todo o atraso. Espero concluir até o capítulo 17 até o final dessa semana.

20/11: finalmente concluí o capítulo 5. A escrita não fluiu bem e não gostei tanto de algumas partes, mas posso revisar depois. Escrevi 765 palavras dele. Escrevi todo o capítulo 6 e fiz um total de 994 palavras. Esse fluiu melhor que o capítulo 5 e gostei das ideias que coloquei nele. Vai precisar de um pouco de revisão, claro, mas isso vai ficar para mais tarde. Com isso finalizo o dia tendo escrito 1759 palavras, o que não está nada mal, mas ainda assim abaixo da média, depois de todo o atraso. Mas sei que teria produzido muito mais se não tivesse procrastinado tanto.

Sim, como vocês podem ver, escrevi apenas em dois dias depois do post anterior. E não consegui concluir o desafio, infelizmente. Fiz um total de 7 capítulos e 9255 palavras, o que deu mais ou menos 27 páginas. Pouquíssima coisa, infelizmente.

Não demorei a perceber que estava com bloqueio criativo, e por isso fui investigar as causas. Detectei dois problemas: estava com muitas ideias para meu projeto principal (cujo planejamento ainda não concluí) e não conhecia direito meus novos personagens.

Como vocês puderam ver no diário anterior, tive alguns imprevistos, além de um bocado de procrastinação, e perdi uma semana inteira de novembro concluindo o planejamento que deveria ter terminado em outubro. Com isso, acabei não fichando os personagens, deixando quaisquer problemas para corrigir na revisão. Mas infelizmente isso não funcionou comigo. Sem saber sua trajetória na história e sem ter definido as personalidades e desejos de cada um, ficava empacando nas cenas, tentando decidir como reagiriam, o quanto deveria revelar sobre eles (e o quê, exatamente, uma vez que não os conhecia).

Então já nos últimos dias e consciente de que não cumpriria o desafio, atendi as ideias e trabalhei um pouco no planejamento de A Irmandade do Caos, além de ter feito uma lista de coisas que precisam ser trabalhadas antes que eu possa começar de vez A Pedra Dourada; espero corrigir esses problemas até pelo menos o final desse ano.

Em breve farei um post listando tudo o que aprendi com esse desafio fracassado, e quem sabe no ano que vem?

E quanto a vocês? Conseguiram cumprir o desafio? Comentem!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para deixar opiniões, dúvidas e sugestões. Se tiver um blog, deixe o link ao final de seu comentário para que eu possa visitá-lo.

Ao comentar, tenha bom senso (ou leia isto), de modo a evitar que seu comentário não seja publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...