17 de novembro de 2014

[Diário de Escrita #3] Primeiras semanas de novembro

Na série Diários de Escrita compartilharei minhas experiências com a escrita, comentando acerca de meu projeto principal (O Segredo de Todos os Mundos), bem como sobre os demais projetos que mantenho e os contos.

Mas hoje falarei somente sobre A Pedra Dourada, o projeto escolhido para o NaNoWriMo, uma vez que todos os outros estão parados temporariamente.


Leia também:


Desta vez farei de um modo diferente dos dois anteriores; mostrarei apenas o andamento do livro e em seguida todas as anotações feitas ao longo desses dias de escrita. As outras informações, como média de capítulos e palavras por dia publicarei ao final do mês (ou do projeto, caso eu não o conclua a tempo).

Leia também:


Andamento do livro (baseado na quantidade de capítulos)


A porcentagem se baseia na quantidade de capítulos escritos sobre a quantidade de capítulos planejados, por isso não é muito exata.

Andamento do livro (baseado na meta de palavras)


Aqui estou considerando a meta de 50 mil palavras do NaNoWriMo. Também não é muito exata, uma vez que não tenho certeza de quantas palavras terá a versão final.

A perspectiva baseada na meta do NaNoWriMo não é assim tão desalentadora, mas ainda assim tenho um prazo muito apertado. Agora, confiram o motivo de eu estar tão atrasada com as metas:

Diário


09/11: Deveria ter começado a escrever no dia 1, mas apenas comecei hoje, pois uma série de imprevistos (e um pouco de procrastinação) me levaram a demorar demais no planejamento, que apenas foi concluído dia 7. Ainda tem algumas coisas, como nomes e fichas de personagens, assim como a disposição de alguns lugares e a hierarquia da irmandade com a qual estou trabalhando na história, que precisam ser definidas. Pretendia fazer isso hoje à tarde, mas tive algumas ideias para meu projeto principal, A Irmandade do Caos, e fiquei até cerca de 2h30 da manhã escrevendo algumas cenas (que totalizaram 3159 palavras; ao menos foi um dia produtivo). Além disso, o planejamento de A Pedra Dourada, depois de revisado, ficou com 67 capítulos mais prólogo e epílogo, um bocado a mais do que o primeiro planejamento, que tinha 27 capítulos. Isso dá uma média de 2,3 capítulos por dia, mas como passei os primeiros 7 dias sem escrever, a média ficou de 3 capítulos por dia. Em um dia como hoje não seria tanta coisa, mas espero dar uma recuperada essa semana e semana que vem para deixar para os próximos dias a meta de apenas 2 capítulos. Além disso, levando em conta minha média de 1900 palavras por capítulo, e sendo que o planejamento ficou com 69 capítulos, a expectativa é que o livro tenha no total mais de 130 mil palavras. Mas eu torço para que não passe muito de 70 mil, que é uma meta viável em 23 dias sem prova. Ainda assim, não estou muito confiante, uma vez que nunca escrevi nada com esses personagens e muitos ainda têm suas personalidades obscuras para mim. Comecei a escrever às 3h e parei às 4h, o que resultou em 607 palavras e o iniciozinho do prólogo. Espero produzir mais amanhã.

10/11: Hoje procrastinei muito; passei grande parte do dia arrumando algumas coisas para o blog, e só me pus a escrever às 23h. Mas durante o processo me interrompi diversas vezes e consegui apenas 566 palavras; o prólogo está longe de ser concluído. Estou tendo dificuldades em lidar com os personagens novos; gostaria de ter escrito alguns contos com eles antes de começar, ou ao menos parágrafos explicando as vidas de cada um, mas não houve tempo. Farei isso depois de concluir o livro, para então começar sua revisão.

11/11: Comecei de onde havia parado ontem, mas não estava fluindo e eu não estava gostando do que tinha escrito, então decidi recomeçar. Fluiu melhor dessa vez. Escrevi 2218 palavras, mas o prólogo ainda não está perto de terminar, com todo esse atraso. Espero que o restante do livro flua bem.

12/11: Quase não escrevi. Acertei rapidamente alguns parágrafos e escrevi no máximo um, não deve ter sequer chegado a 100 palavras.

13/11: Foi um dia bom. Começou devagar, mas logo a história começou a fluir e gostei do que escrevi, exceto por algumas explicações sobre a magia (mas isso é algo para ser corrigido na revisão). Como o prólogo estava ficando longo e troquei de ponto de vista várias vezes, resolvi desistir da ideia de um prólogo e dividi-lo em vários capítulos. Espero terminar ainda hoje todos esses capítulos (que seriam originalmente o prólogo). Então hoje escrevi o equivalente ao finalzinho do capítulo um (577 palavras), o capítulo 2 (1921 palavras), o 3 (779 palavras) e o 4 (537 palavras). Depois vi problemas na cronologia e alterei a ordem de alguns deles, acrescentando alguns pontos de vista conforme necessário. Tornaram-se 17 capítulos, mas espero que fiquem curtos e que consiga terminá-los ao menos até amanhã. Mas não escrevi mais nenhum capítulo depois de consertar a cronologia, então o total de palavras foi a soma desses quatro capítulos escritos, 3814.

14/11: Não produzi muita coisa; apesar de saber o que escrever, não sabia muito bem como, então passei muito tempo escrevendo e depois apagando frases até que ficasse satisfeita com o que estava saindo e as palavras começassem a fluir. Escrevi um total de 391 palavras (o que é bem pouca coisa). Não cheguei a concluir o capítulo.

Como vocês podem ver, tenho procrastinado muito e escrito pouco, de forma que é muito improvável que eu conclua o projeto a tempo. Se não concluí-lo, espero tê-lo pronto até o final da primeira semana de dezembro. Mas talvez haja esperanças, visto o meu desespero para concluir As Joias do Caos no semestre passado.

E vocês, participantes do NaNoWriMo? Como estão indo?

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para deixar opiniões, dúvidas e sugestões. Se tiver um blog, deixe o link ao final de seu comentário para que eu possa visitá-lo.

Ao comentar, tenha bom senso (ou leia isto), de modo a evitar que seu comentário não seja publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...