26 de outubro de 2014

NaNoWriMo: A Pedra Dourada

Ontem eu falei sobre o NaNoWriMo, mencionando algumas dicas e falando um pouco sobre minhas metas. Hoje, falarei sobre o projeto que desenvolverei durante este desafio.


A Pedra Dourada era um projeto que idealizei em 2013, a partir de um pequeno conto que escrevi; leia-o aqui. Depois de concluí-lo, decidi escrever um conto maior baseando-me nessa ideia, porém, após concluir seu planejamento, percebi que daria uma história bastante longa e decidi transformá-lo em um livro.

Escrevi seu primeiro capítulo, o qual foi publicado no Wattpad e no Widbook. Minha ideia era publicar um capítulo por semana, porém, por falta de tempo, acabei abandonando o projeto.

Neste ano, após concluir As Joias do Caos, decidi revisar seu planejamento e retomar o projeto. Como tinha o potencial de dar um livro curto, planejava desenvolvê-lo em paralelo com A Irmandade do Caos, registrá-lo e autopublicá-lo.

Entretanto, enquanto revisava o planejamento, algumas coisas começaram a me incomodar. As motivações do vilão não me pareciam suficientemente sólidas. A ideia que eu tinha em mente (uma escola de magia no interior) não me parecia muito verossímil. Assim, tomei a decisão de mudar o cenário para Myhorr (o mesmo mundo retratado em O Segredo de Todos os Mundos).

Além desses problemas detectados, outra coisa que me motivou a mudar o cenário foi o fato de eu querer explorar melhor esse mundo. Myhorr, assim como a Terra, é um planeta com vários países. Em As Joias do Caos, explorei um deles; em A Irmandade do Caos, explorarei outro. Mas o país retratado em A Pedra Dourada, apesar de citado na outra saga, não será explorado em detalhes, e como é um local interessante, decidi escolhê-lo como cenário.

Outro motivo que me levou a mudar de cenário foi o fato de que praticamente todos os meus personagens myhorianos de O Segredo de Todos os Mundos tinham passado da idade escolar, o que não me abriu muito espaço para mostrar como são as escolas em Myhorr e como eles misturam o estudo da magia com o estudo convencional.

Outro tema que irei discutir (que também será mencionado em O Segredo de Todos os Mundos, mas não será o foco) é o uso da magia para aprimorar a tecnologia. Creio que isso trará bastantes questões interessantes para abordar, e tornará os conflitos entre os personagens muito instigantes.

Todas essas mudanças no enredo original, porém, implicam que o capítulo que eu escrevi teria de ser descartado, e eu recomeçaria a história do zero. Não é uma perspectiva assim tão ruim, uma vez que havia apenas um capítulo escrito, mas isso possibilitou que eu participasse do NaNoWriMo com esse projeto.

Se não o concluir até o dia 30 de novembro, espero ao menos ter uma boa parte adiantada, para quem sabe ainda concluí-lo em 2014 (já que será, espero, um livro curto) e já iniciar sua revisão em 2015.

Durante o mês de novembro este projeto será o foco e a sessão Diário de Escrita tratará dele; em dezembro, se o tiver concluído, falarei um pouco mais sobre ele e sobre como foi abordar seus temas e cenários.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para deixar opiniões, dúvidas e sugestões. Se tiver um blog, deixe o link ao final de seu comentário para que eu possa visitá-lo.

Ao comentar, tenha bom senso (ou leia isto), de modo a evitar que seu comentário não seja publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...