27 de outubro de 2014

7 microcontos de terror

Halloween é uma festa que teve origem como uma celebração celta que marca o fim do verão e o início do ano novo, chamada Samhain. Eles acreditavam que os espíritos daqueles que morreram ao longo do ano voltariam à procura de corpos vivos para possuir. Como os vivos não queriam ser possuídos, apagavam tochas e fogueiras, para tornar suas casas frias e desagradáveis, e desfilavam fantasiados em torno do bairro a fim de assustar aqueles que procuravam corpos para possuir.


A festa já possuiu diversos nomes, mas aquele que ficou foi o escocês Hallowe’en. Foi levado para os Estados Unidos por imigrantes irlandeses, por volta de 1840, e ali se popularizou, transformando-se na comemoração que conhecemos hoje.

Diversos símbolos são associados com o Halloween, como abóboras, bruxas, morcegos, velas e gatos pretos, cada qual com seu significado. Aqui no Brasil o Halloween não é muito popular, e é mais comumente conhecido como o Dia das Bruxas.

Porém, devido aos seus elementos relacionados a bruxas e à morte, é muitas vezes relacionado ao terror, e é muito comum que vejamos filmes e livros sobre o assunto.

Tendo isso em mente, e baseando-me nesta ideia, escrevi 7 microcontos de terror, os quais vocês podem verificar abaixo:

1

Os pés de Juliana faziam um ruído alto no corredor deserto. Atirou-se à porta com um arquejo desesperado, mas chegara tarde demais.

2

Diante do espelho, deparou-se com seu sorriso. Mas seus lábios não tinham se movido.

3

Chiara fitou o espelho e deparou-se com uma mulher segurando uma vela. Chiara não tinha vela alguma.

4

Renata despertou na madrugada com o som de uma melodia. Empurrou as cobertas e foi à janela; em seu jardim, os mortos dançavam.

5

Os dois pararam diante da porta
— Não quero entrar. — ela disse.
— Por quê? — ele perguntou.
— Na última vez em que estive aqui, eu morri.

6

Acordou e reparou que o vaso tinha flores frescas, de cor vermelho-sangue. Não as tinha colocado.

7

O cursor piscava na tela em branco. Há dias que nenhuma palavra lhe vinha à mente.

Assustaram-se? Ficaram ao menos incomodados? Escrever os microcontos foi uma experiência muito interessante, especialmente para alguém como eu, que tem dificuldade para contar uma boa história com poucas palavras.

Que acham de criarem seus próprios microcontos?

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para deixar opiniões, dúvidas e sugestões. Se tiver um blog, deixe o link ao final de seu comentário para que eu possa visitá-lo.

Ao comentar, tenha bom senso (ou leia isto), de modo a evitar que seu comentário não seja publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...