4 de fevereiro de 2014

[Meus Livros] O Ciclo do Caos

O Ciclo do Caos não é um novo projeto, mas um projeto em que tenho trabalhado há anos. É uma saga cujos livros foram escritos pela primeira vez quando eu tinha entre 13 e 14 anos. Escrevi e reescrevi os livros várias vezes, mudei os títulos outras incontáveis vezes… Agora, no final 2013, fiz alterações radicais na trama (embora tenha mantido a essência do enredo), aproveitando algumas ideias que tive ao longo de todos esses anos mas que nunca antes cogitei utilizar.

Finalmente, vejo que tenho uma trama interessante e bem estruturada para todos os seus atuais volumes. Muitas partes dos livros já escritos serão reaproveitadas, mas terei que basicamente reescrever tudo. Porém, agora creio que finalmente ficarei satisfeita com o resultado final dos livros, e se precisar fazer alguma alteração, será apenas para melhorar uma cena ou uma descrição, nada que exigirá a reescrita de todos os volume seguintes.

O Ciclo do Caos é na realidade o novo nome da saga A Batalha das Fraternidades, sobre a qual já falei anteriormente. Essa saga começou com Desaparecimento ou Assassinato, um livro sobre uma professora louca que usava uma fantasia diferente em cada uma de suas aulas e por isso despertou a curiosidade de Sophia e algumas de suas amigas (que continuam sendo protagonistas em O Ciclo do Caos), que decidiram investigar e descobriram que ela era uma criminosa desaparecida há dez anos e que decidira retornar para ganhar dinheiro.

Depois disso eu escrevi Uma Missão em Outro Mundo, cujo enredo não revelarei pois ele será utilizado, com alterações, na nova saga. A partir desse volume, fiz a ligação entre eles e saíram mais dois volumes, totalizando uma saga de quatro. Posteriormente, ela se alongou para cinco, depois para seis.

Depois da reformulação, O Ciclo do Caos ficou previsto para ter quatro volumes. Muito pouco foi reaproveitado de Desaparecimento ou Assassinato (alguns poucos aspectos da trama desse livro foram transferidos para Uma Missão em Outro Mundo). Os volumes cinco e seis foram juntados em um só volume, e eu não sei se continuará assim, eu espero que sim.

Os títulos provisórios dos livros da saga são os seguintes:
  • Volume Um: Uma Missão em Outro Mundo (que estou pensando em alterar para Uma Viagem a Outro Mundo)
  • Volume Dois: O Pacto dos Treze Reinos
  • Volume Três: O Portal da Morte
  • Volume Quatro: O Palácio do Caos


Confira a sinopse do primeiro volume de O Ciclo do Caos:

     Sophia esperava mais um longo e tedioso semestre em seu colégio, contudo, não é isto o que encontra. Sua colega e inimiga, Taís, está reunindo um misterioso grupo de adolescentes, e ainda por cima parece ávida para encontrar algum objeto — que mais tarde descobre ser, para seu espanto, os Artefatos do Poder, um conjunto de poderosos objetos mágicos que ela acreditara ser uma lenda. Poucos dias depois, os Artefatos do Poder, então em posse da diretora do colégio, Dalila, são roubados. Sophia, que junto de suas amigas Helen, Mirella, Letícia e Larisse, estivera averiguando o estranho comportamento de Taís, tem absoluta certeza de que foi a garota quem roubou os Artefatos do Poder. Desse modo, vai delatá-la à diretora.
     Os Artefatos do Poder não são devolvidos, contudo. Taís os deu de presente ao pai, Claudio, conforme lhe prometera, apesar de planejar fugir com os objetos e conquistar sozinha seus próprios objetivos. Dalila, sob o pretexto de que os Artefatos do Poder são indispensáveis para a manutenção do colégio em funcionamento, exige a devolução dos objetos. Claudio, todavia, não se desfará tão facilmente de suas relíquias, assim determina que, se quiser os Artefatos de volta, Dalila deverá enviar Sophia, especificamente, para vencer uma série de desafios e enigmas que, caso desvendados da maneira correta, lhe permitirão o acesso às propriedades mágicas.
     Dalila, desesperada para obter a devolução dos Artefatos, concorda com a absurda ideia. Ao receber a proposta, tanto Sophia quanto suas amigas ficam empolgadas, pois esta parece ser sua chance de enfim solucionar esse mistério. Desse modo, todas ficam surpresas ao receberem o consentimento de suas famílias, ainda que tenha ficado claro que foi Josephine, a mãe de Sophia, quem os convenceu de que recuperar os Artefatos do Poder era de extrema importância — e que isto deveria ser feito especificamente por Sophia, devido a um motivo que se recusa a revelar.
     Hospedadas na casa de Claudio, procuram descobrir mais acerca desse misterioso homem, que apesar de ter idealizado os desafios não está nem um pouco inclinado a devolver os Artefatos do Poder a quem quer que eles pertençam. Ademais, devem lidar com a existência de magia e de diversos outros mundos paralelos — em um dos quais Claudio escondeu os Artefatos do Poder, e aonde Sophia deve ir com suas amigas para resgatá-los.

Como eu gosto de desenhar, fiz uma capa para o primeiro livro. Fiz no paint mesmo e ficou bem simples, mas eu gostei.
 
Já desenhei a capa com o novo título

Quem quiser saber mais sobre como a saga A Batalha das Fraternidades era estruturada anteriormente, pode clicar aqui.

A partir desse mês começarei a publicar semanalmente os Diários de Escrita, em que falarei sobre o andamento do livro Uma Missão em Outro Mundo, além de meus outros projetos de escrita, como os contos e os mini-livros (se eu conseguir recomeçá-los), a fim de que vocês possam acompanhar o processo de escrita. Aguardem!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para deixar opiniões, dúvidas e sugestões. Se tiver um blog, deixe o link ao final de seu comentário para que eu possa visitá-lo.

Ao comentar, tenha bom senso (ou leia isto), de modo a evitar que seu comentário não seja publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...